Linkin Park

A História do Linkin Park com três amigos de colégio: Mike Shinoda, Brad Delson e Rob Bourdon, que se conheceram no ensino médio, se tornaram amigos e tinham um desejo em comum: formar uma banda. Xero (pronúncia: “Zirou”) foi o primeiro nome da banda formada em 1996. A partir daí, começaram a gravar o primeiro material da banda.

Capa e Contra Capa de quando a banda se chamava Xero

A banda gravou essa tape para tentar contrato com uma gravadora, o que não veio a acontecer. Hoje a versão original desse tape vale fortunas. Um tempo depois juntaram-se á banda: Joe Hahn, que estudava com Mike na Pasadena Art College of Design, junto com David “Phoenix” Farrell, que era colega de quarto de Brad na UCLA, Rob Bourdon, que estudou com Mike e Brad na escola secundária, e Mark Wakefield, um colega de Mike. Então a formação de Xero era: Mike Shinoda (vocal); Mark Wakefield (vocal); Joe Hahn (DJ); Phoenix (baixo); Brad Delson (guitarra); e Rob Bourdon (bateria).

Primeira formação do Xero, com Mark Wakefield

Phoenix deixou a banda por um ano, para participar de uma turnê com a sua banda antiga, o The Snax e por isso não participou de Hybrid Theory EP. No começo era só por diversão, mas começaram a agradar um público restrito. Só que as gravadoras não prestavam muita atenção neles, então decidiu que, para continuar, deveriam fazer umas mudanças. Mark, por motivos pessoais, deixou a formação inicial, mas continua sendo grande amigo da banda. Nessa época, Chester Bennington estava no Arizona, onde nascera, e era o vocalista da banda Grey Daze, que atingia grande popularidade no local.

Por isso, ele contratou um advogado em Los Angeles para representá-lo frente a vários selos. Esse advogado soube que o Xero estava em busca de um vocalista, e mandou uma demo da banda para Chester. Era 20 de Março de 1999. Já no dia seguinte recebeu um pacote, algumas das gravações com vocal e outras instrumentais. Em três dias ele gravou e regravou, e então ligou para os integrantes do Xero, que ouviram as gravações primeiramente pelo telefone. Os integrantes do Xero mandaram-lhe ir a Los Angeles imediatamente. Chester viajou no dia seguinte. A banda ficou surpresa com a potência da voz de Chester Bennington.

Depois que ele se uniu à banda, eles mudaram o nome para Hybrid Theory, mas tiveram que mudar novamente por problemas legais. Problemas esses que eram pelo fato de já existir uma banda com esse nome. O nome definitivo, Linkin Park, é uma adaptação de Lincoln Park, que é uma vizinhança onde os desabrigados costumavam ir. A mudança da grafia aconteceu porque o domínio da internet já existia e era muito caro. Concentraram-se em criar demos para enviar às gravadoras. A Warner Music os contratou logo em seguida. Esse nome seria bem conhecido a partir dali.

Linkin Park em 2000

Na primavera de 2000 a banda começou a compor, contratou Don Gilmore (que já havia trabalhado com Pearl Jam e Sugar Ray) e criaram o primeiro álbum da banda: Hybrid Theory. Em julho de 2002 saiu Reanimation, que trazia versões remixadas das faixas do primeiro e mais duas canções do EP, “My December” e “High Voltage”.

Linkin Park em 2003

Em 2003 lançaram Meteora, disco que estourou nas vendas logo nas primeiras semanas. A seguir, veio o disco ao vivo Live in Texas, que vinha junto com um DVD. Em 2004 se uniram ao rapper Jay-Z para produzir um álbum com canções mistas dos dois artistas, Collision Course, como “Jigga What/Faint” e “Numb/Encore”, que passou meses tocando nas rádios.

Linkin Park com parceria com Jay-Z

A banda concluiu o processo de gravação e escolha das músicas que estão presentes no seu novo álbum, intitulado Minutes to Midnight, que foi lançado mundialmente no dia 15 de Maio de 2007, álbum este produzido por Mike Shinoda e o famoso produtor Rick Rubin, que já produziu discos de bandas de peso, como System of a Down, Slipknot e Red Hot Chili Peppers. Em 2007 atingiu os primeiros lugares da Billboard 200. Desde 2000, o Linkin Park é uma das bandas de rock mais bem sucedida comercialmente nos Estados Unidos.

Segundo a própria banda, este álbum soa menos nu metal do que os outros, fato que pode ser comprovado após ouvir o primeiro single de Minutes to Midnight, “What I’ve Done” (que também foi trilha do filme “Transformers”), liberado nas rádios americanas no dia 2 de Abril de 2007. No dia 4 de maio de 2007, uma semana antes do lançamento, o álbum inteiro caiu na internet em redes bittorrent. A canção mantém as características do Linkin Park, mas é diferente de tudo o que eles já fizeram. Este era o objetivo da banda, criar um som novo mas que ao mesmo tempo os fãs ainda identificassem como sendo o Linkin Park.

Linkin Park na época do álbum Minutes to Midnight

Além disso, três integrantes da banda trabalham em projetos paralelos. O mais conhecido deles é o Fort Minor, grupo de rap formado por Mike Shinoda, que já fez muito sucesso em seu primeiro álbum, The Rising Tied. Outro projeto paralelo é o do vocalista da banda, Chester Charles Bennington, o Dead by Sunrise (antigo Snow White Tan). Além de Chester, fazem parte desse projeto Amir Derakh e Ryan Shuck. Julien-K é o nome da outra banda de Derakh e Shuck. E, por último, porém não menos importante, o filme de Joe Hahn (The Seed).

Linkin Park lançou o álbum “A Thousand Suns” , que foi lançado mundialmente no dia 14 de setembro. O primeiro single do disco lançou no dia 2 de agosto, The Catalyst, mostrando toda a mudança da banda com esse novo single, com batidas eletrônicas moderadas. Os singles seguintes foram Waiting For The End em 8 de Outubro de 2010 (que contava com um clipe cheio de vetores e “tridimensionalidade”), Burning In The Skies em 22 de Fevereiro de 2011 (o clipe contava com uma história e acontecimentos em câmera lenta) e Iridescent em 3 de Junho de 2011 (com cenas de Transformers: The Dark Of Moon)

Linkin Park em 2011

Em 2012, Linkin Park lança seu álbum LIVING THINGS, o que promete ser um álbum segundo o que dizem eles “voltarem as raízes, mas experimentando coisas novas” e com o lançamento do primeiro single BURN IT DOWN mostraram que ele tem semelhanças com seus primeiros álbuns, onde tem o lado hip hop do Mike, vocais com gritos do Chester e seu rock o que caracteriza mais a banda. Lançamento dia 26 de Junho.

Para conectar, por favor faça login primeiro. Você pode também criar uma conta.