Across The Line

< voltar a página anterior

 

In this desert
In darkness
Lying with the gun across his chest
Pretending
He’s heartless
As the fire flashes in the sky
He was fragile
And frozen
When the bullet took away his friend
And now he’s somehow
More broken

He’s pulling his weapon to his side
Loading it full of his goodbyes
Holding an enemy across the line
He’s pulling his weapon to his side
Loading it full of his goodbyes
Holding an enemy across the line

Sweating
And shaking
Lying with her hands across her chest
She wakes with
Her cravings
As the fire flashes in her eye
She was fragile
And frozen
When the needle took away her friend
And now she’s somehow
More broken

She’s pulling her weapon to her side
Loading it full of her goodbyes
Holding an enemy across the line
She’s pulling her weapon to her side
Loading it full of her goodbyes
Holding an enemy across the line

With every battle he’s chosing
With every fight he’s losing
His enemy’s not far behind
With every promise she’s broken
With every lie she’s spoken
Her enemy’s not far behind

It’s your time
It’s your time
It’s your time
It’s – your – TIME!

He’s pulling his weapon to his side
Loading it full of his goodbyes
Holding an enemy across the line
She’s pulling her weapon to her side
Loading it full of her goodbyes
Holding an enemy across the line

With every battle he’s chosing
With every fight he’s losing
His enemy’s not far behind
With every promise she’s broken
With every lie she’s spoken
Her enemy’s not far behind

Neste deserto,
Na escuridão,
Deitada com a arma em seu peito.
Fingindo,
Ele é insensível,
Como o fogo iluminando o céu.
Ele estava frágil,
E congelado,
Quando a bala levou seu amigo.
E agora ele está de alguma forma,
Mais quebrado.

Ele puxa sua arma para o lado dele,
Carregando a faixa de seu adeus,
Esperando o inimigo cruzar a linha.
Ele puxa sua arma para o lado dele,
Carregando a faixa de seu adeus,
Esperando o inimigo cruzar a linha.

Suando,
E tremendo,
Deitada com as mãos sobre o peito.
Ela acorda com,
Seus desejos,
Como o fogo que ilumina seus olhos.
Ela estava frágil,
E congelada,
Quando a agulha levou seu amigo,
Mas agora ela está de alguma forma,
Mais quebrado.

Ela puxa sua arma para o lado dela,
Carregando a faixa de seu adeus,
Esperando o inimigo cruzar a linha.
Ela puxa sua arma para o lado dela,
Carregando a faixa de seu adeus,
Esperando o inimigo cruzar a linha.

Com todas as batalhas que ele está escolhendo,
Com cada luta que ele está perdendo,
Seus inimigos não ficam muito atrás.
Com cada promessa que ela está quebrando,
Com cada mentira que ela esta falando,
Seus inimigos não ficam muito atrás.

É a sua vez.
É a sua vez.
É a sua vez.
É A SUA VEZ.

Ele puxa a arma para seu lado,
Carregando a faixa de seu adeus,
Esperando o inimigo cruzar a linha.
Ele puxa a arma para seu lado,
Carregando a faixa de seu adeus,
Esperando o inimigo cruzar a linha.

Ela puxa sua arma para o lado dela,
Carregando a faixa de seu adeus,
Esperando o inimigo cruzar a linha.
Ela puxa sua arma para o lado dela,
Carregando a faixa de seu adeus,
Esperando o inimigo cruzar a linha.

Com todas as batalhas que ele está escolhendo,
Com cada luta que ele está perdendo,
Seus inimigos não ficam muito atrás.
Com cada promessa que ela está quebrando,
Com cada mentira que ela esta falando,
Seus inimigos não ficam muito atrás.

 

 

< voltar a página anterior

Para conectar, por favor faça login primeiro. Você pode também criar uma conta.